Terça-feira, 20 de Abril de 2010

HUMILDADE DOS GIGANTES

 

Me fascina cada vez mais quem que se descentra de si, do próprio umbigo.

 

Tornando-se gigantes ao sentarem-se dentro de si, próximo de nós, e assim nos somando neles.

 

Sábios que há muito entenderam a vacuidade dos "donos" da verdade única, que sem o entenderem se empobrecem, ao se subtrairem da adição na diferença.

 

Acabei de almoçar à beira rio com um desses gigantes, DeRose, um senhor de luz, sua Shakti Fê e um seu pilar, António Pereira.

 

Há curvas na nossa vida que se pudéssemos se fechariam em si mesmas, numa espiral de aprendizagem.

 

Num almoço aprendi mais do que anos rodeado de "donos da verdade única" e farois de bajuladores.  Desertos de luz!

 

Bem haja DeRose. Sempre!

 


publicado por António Mateus às 17:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 14 de Abril de 2010

O AMOR CONTAGIA

 

Chega sexta-feira a Lisboa, um dos mais notáveis pensadores contemporâneos.

 

DeRose completa este ano meio século de pesquisa, investigação e magistério de alguns dos saberes mais antigos e deslumbrantes da humanidade.

 

Um capital de luz que só o preconceito e a arrogância da ignorância têm tornado mais lenta a morosidade em chegar a todos nós.

 

Num mundo onde precisamos, cada vez com maior urgência, de quem nos ajude a descobrir o melhor de cada um de nós, a sermos solidários e a vivermos como irmãos, como é possível travar-se esse abraço?


publicado por António Mateus às 13:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 2 de Abril de 2010

VISIONÁRIOS DA HUMANIDADE

 

 

Há 100 anos Leo Tolstoi escrevia a Mahatma Gandhi (então residente na África do Sul) sustentando que a política de resistência passiva por este professada, era da maior importância para toda a humanidade.

 

“Bapu” (pai da Nação) tornar-se-ia um símbolo vivo da não-violência, do despojamento e da harmonia na diferença.


publicado por António Mateus às 13:24
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

ACORDA TEU GIGANTE

   Somos toda a força que buscarmos em nós.

 

   Se a encontramos, sem limites, quando lutamos pela sobrevivência, porque ficamos tão áquem, supostamente impotentes, perante dificuldades do dia-a-dia?

 

   Um desafio, mesmo que desproporcional, é sempre uma oportunidade de crescimento.

 

   Este clip do velho  "The bear" fala-nos exactamente dessa semente...ora vê:

 

 


publicado por António Mateus às 18:44
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

ACREDITA EM TI


   Sê tudo o que sonhas, porque o podes ser mesmo quando tudo contra isso parecer remar.

 

   Acarinha a luz que tens dentro de ti. Ouve esta música. Acredita!  E isso só de ti depende.

 

  A "gigantes" como Nelson Mandela, a De Rose, a Gandhi peço "emprestada" essa sabedoria:

 

  Como podemos esperar um mundo melhor, diferente, se essa mudança não começar dentro de cada um de nós!

 

  Troca o fel por mel à tua volta.

                          Começa hoje!

 

 


publicado por António Mateus às 21:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2010

ROSE DE LUZ

 

 

 

   É só um dos mais notáveis pensadores contemporâneos e forma com Nelson Mandela o "par" de maiores gigantes por mim entrevistados em 26 anos de carreira como jornalista.


    Luiz De Rose nasceu há 66 anos no Rio de Janeiro, hoje completados.


   Ambos, ele e Mandela, partilham imensos pontos comuns, a começar pela vertigem de espalhar ética e estética existencial à sua volta e retirar o melhor de todos e cada um de nós.


   Convido-vos a quem o desconhece a visitar um farol de luz que se somou património incontornável de todos os que acreditam e remam por um Mundo melhor.

 

 

http://www.uni-yoga.org/blogdoderose

  


publicado por António Mateus às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (52) | favorito
Domingo, 14 de Fevereiro de 2010

FAROL DE LUZ

 

   Palavras perfeitas, pedras preciosas no sentir.

 

   "Invictus" de Wlliam Ernest Henley, que "farolou" a verticalidade de Nelson Mandela durante 27 anos de prisão e a coerência do seu até hoje existir.

 

  E serviu de título ao filme que nos deslumbra actualmente nos cinemas.

  A mim, me arrepia e comove. 



Invictus


Out of the night that covers me,

black as pit from pole to pole,

I thank whatever gods may be

for my unconquerable soul.


In the fell clutch of circunstance

I have not winced nor cried aloud.

Under de bludgeonings of chance

my head is bloody but unbowed.


Beyond this place of wrath and tears

looms but the horror of the shade

and yet the menace of the years

finds - and shall find - me unafraid.


It matter not how straight the gate,

how charged with punishments the scroll.

I am the master of my fate;

I am the captain of my soul.

 

 

 


publicado por António Mateus às 14:33
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

A PELE DA VERDADE

      Deslumbrante é quem troca o fel por mel!

 
   ...quem não julga os outros por respeitar a diferença no sentir....
  ...e saber que o nosso olhar apenas toca a pele da verdade.
 

publicado por António Mateus às 16:01
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

INSIDE "INVICTUS"



publicado por António Mateus às 16:34
link do post | comentar | favorito

MANDELA NO PORTO

   

   Sexta-feira, à meia-noite, vou partilhar convosco no cinema Nunálvares do Porto a experiência que foi acompanhar durante seis anos Nelson Mandela como jornalista...

 

   ...e ainda  ter assistido pessoalmente a quase tudo o retratado no filme Invictus, incluindo a final do Mundial de Rugby que é o ponto alto deste documento assinado por Clint Eastwood e com Morgan Freeman e Matt Damon nos principais papeis!

 

Até lá!

 

 


publicado por António Mateus às 12:48
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds