Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010

UBUNTU MANDELA

 

Mandela - A construção de um Homem foi o pretexto para esta ponte de saberes.

 

Num sábado à noite, a Academia Ubuntu levou dezenas de jovens residentes de bairros problemáticos da cintura de Lisboa a uma partilha de luz; a recusa em nos rendermos ao negativismo.

 

A eles o meu Obrigado por não desistirem e rejeitarem o rótulo de marginais de uma sociedade que tantas vezes julga antes de investir.

 

Esta é a primeira de cinco partes do registo em vídeo de uma conversa informal.


publicado por António Mateus às 00:35
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

ÉS FELIZ ! SABIAS?

 

Vê, escuta e sente. Até ao fim.

 

Vale a pena cada segundo.

 

É uma lição de vida para todos e cada um de nós.

 

Até já.


publicado por António Mateus às 15:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 4 de Outubro de 2009

O PODER DO SORRISO

 

 

Saberes emprestados:

 

    "Às vezes, é apenas a questão de “hoje eu cedo e amanhã a outra pessoa vai ceder”. Porque há uma reciprocidade natural entre os seres humanos.

 

   Quando você tem uma atitude cavalheiresca, uma atitude fidalga relativamente a uma pessoa, mesmo que íntima, mesmo que seja um irmão, mesmo que seja um cônjuge, a tendência é que o outro reaja de forma semelhante numa circunstância imediata ou futura.

 

   Certa vez, um amigo meu estava a conduzir muito mal. Fez uma inversão péssima e outro motorista quase abalroou o carro dele; o outro pôs a cabeça de fora e já ia dizer uns impropérios.

 

   O meu amigo fez-lhe um sorriso muito simpático, como quem diz: desculpe, eu errei. O outro meteu a cabeça para dentro e disse: “vai, meu filho, vai!” E não deu briga. O que evitou o confronto? Foi só um sorriso".

 

------------------------------------------------------------------------------------------------

In entrevista de Mestre De Rose - cujo DVD integral será formalmente apresentado em Gala a ter lugar dia 13 de Novembro na Alfândega velha, Porto.

 


publicado por António Mateus às 13:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 26 de Setembro de 2009

ESCOLHI SER FELIZ



   Te sinto no ar que respiro, no arrepio de pele, na brisa do finar da tarde que se amorna. No piar das gaivotas que depenicam o espelho do mar.


   Me largo de mim num voo sem fim, sonhos adentro onde nos despimos meninos de tudo o que a vida foi pintando em nós e me descubro sentado no terceiro degrau do arco-íris.


   Raio de luz que me grita a vertigem de ser feliz porque sim. Porque essa é a vertigem de tocar. Aquela pele que nos arrepia com cheiros e desejos, mesmo antes de lá chegar.


  Não sei quem tu és. Onde moras. Mas sei que existes algures e só por isso tudo vale a pena. Estou a caminho de ti. Já me sentes? 

 

 

 


publicado por António Mateus às 13:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

OURO EM TI

   Sons. Luzes. Arrepios de pele.

 

   Magias que se inscrevem. Se reescrevem em nós. No nosso sentir.

 

   Obrigado Sting por seres um dos seres que há décadas nos acrescentam brilhos. Vontades e conivências.

 

   Ora escuta estes "Campos de Ouro" e anui. Ou não. Claro!

 


publicado por António Mateus às 06:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Maio de 2009

ARRISQUE SER FELIZ

 

   Recomendo vivamente uma consulta cuidada ao blog de um dos maiores pensadores da actualidade.

 

   Para os leigos, como eu, é uma espécie de Papa do Yoga Swasthya, uma cultura de excelência que promove um indivíduo mais culto, lúcido e interventivo na sociedade e no plano de realização pessoal.

 

   Tudo razões mais do que suficientes para lhe dedicar, pelo menos, o benefício da dúvida. Não lhe parece?

 

   Vá! Arrisque-se a ser feliz! Que tem a perder?

 

http://www.uni-yoga.org/blogdoderose/

 


publicado por António Mateus às 13:27
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 31 de Março de 2009

LUZ DE ROSE

 

 

    Ilumina-nos, mestre de Rose, serem tão importantes os inimigos quanto os amigos no construir de nosso arvorar.

 

   Os primeiros se estendem céu afora, respirando a luz que nos há-de alimentar enquanto os segundos alimentam a resistência e a persistência, sustentadoras no abanar.

 

   Tão urgente é aprendermos por isso a devolver brilhos a uns e a outros. Aos primeiros completando o beijo de alma. Aos segundos, para virar o ciclo, de sombra em luz.

 

   Assim os segundos podem escolher de novo seu papel. E de raízes em ramos se esticarem.


publicado por António Mateus às 07:22
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds