Terça-feira, 31 de Agosto de 2010

PESADELO CLAUSTROFÓBICO

 

 

É uma luta contra-relógio e contra o desespero de quem está encurralado, 700 metros abaixo da superfície.


As equipas de salvamento vão experimentar um plano alternativo que poderá reduzir a metade o horizonte de resgate até aqui estimado em quatro meses.

 

A ideia é utilizar uma mega escravadora de abertura de poços de água para alargar uma das três condutas de comunicação entretanto abertas para fazer chegar víveres e medicamentos aos 33 homens, retidos num abrigo da mina de San José desde o passado dia 5.



publicado por António Mateus às 01:57
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

FORÇA DE SOBREVIVER

 

Sobrevivem há três semanas retidos 700 metros abaixo do nível do solo, numa mina de cobre chilena.

 

Este é um vídeo que os 33 mineiros conseguiram fazer chegar à superfície através de um canal estreito e pelo qual equipas de salvamento

lhes têm feito chegar medicamentos e mantimentos básicos.

 

Os mineiros já sabem que levará pelo menos quatro meses até poderem eventualmente ser resgatados através de um túnel que está a ser aberto através do solo rochoso.

 

O vídeo, com uma duração total de 45 minutos, foi mostrado primeiro aos familiares dos mineiros que estão acampados em redor da mina de S. José, no norte do Chile e através do qual é feita uma 'visita guiada' ao espaço onde aqueles estão retidos desde o desmoronamento registado há 22 dias.

 

"Temos tudo bem organizado", explica um dos mineiros antes de mostrar uma mini farmácia com álcool, medicamentos, desodorizantes e dentífricos que lhes têm sido enviados.

 

"Daqui retiramos água para lavar os dentes, o rosto", acrescentou o homem, apontando um bidão, e depois um "pequeno copo para lavar os dentes. Faz-se uma toillet básica. Aqui é onde nos divertimos, onde fazemos uma reunião todos os dias, onde planificamos".

 

Quatro peritos da NASA, a agência espacial norte-americana, são esperados domingo ou segunda feira, no Chile, para transmitir aos socorristas os seus conhecimentos de sobrevivência em espaços fechados.

 


publicado por António Mateus às 12:12
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Março de 2010

NATUREZA OU NÓS!

 

   Chego ao escritório e mais uma notícia de terramoto devastador.

 

   Em pouco mais de um mês a energia libertada pelo atrito entre placas terrestres já espalhou a morte no Haiti, Chile e agora na Turquia.

 

   Dias depois chegam-nos na net registos impressionantes, amadores - como este que anexo - testemunhos pessoais de como estes fenómenos não são uma "coisa" sem face, remetida aos alinhamentos dos telejornais.

 

   Somos irmãos de um mesmo sorriso e de uma mesma lágrima. Ou ainda não demos por isso?

 

 


publicado por António Mateus às 13:01
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

HUMANISMO EM TESTE

 

   Numa assentada, "terramota-se" o Haiti e o Chile e "enxurra-se" a Ilha da Madeira...e a essência do humanismo.

 

 

   Em comum o cenário de dor e o relembrar da nossa pequenez perante a natureza mas também a curtez de valores de tantos seres humanos.

 

 

   No Chile foi declarado o recolher obrigatório em diversas zonas por causa das pilhagens de "oportunistas" do desespero alheio.

 

 

   Já fora assim no Haiti  e depois na Madeira onde esta "insónia" tirou o sono a uma PSP desmotorizada (grande parte do respectivo parque automóvel também foi na enxurrada).

 

 

   Dá que pensar não dá?

 


publicado por António Mateus às 19:54
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

TSUNAMI CHILE

   Foi um dos maiores terramotos do século.

 

   Apesar de muitos dos edifícios serem construídos em estruturas anti-sísmicas, centenas deles não resistiram a um primeiro abalo de intensidade 8.8 e às mais de 20 réplicas que se lhe seguiram.

 

   Nas redações seguimos a esta hora - noite adentro em Portugal - o desfecho dos alertas de tsunami decorrente do terramoto, feitos em dezenas de países do Pacífico.

 

   Nas primeiras horas, pelo menos as Ilhas Juan Fernando, Galápagos e Robinson Crusoé foram fustigadas por mega-ondas.

 

    Para a história fica a memória de um país (Chile) vitima recorrente de terramotos, como o que em 1960 devastou o país.

 

 


publicado por António Mateus às 21:48
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds