Sábado, 10 de Julho de 2010

MANDELA CONTROVÉRSIA

 

Um pintor luso-descendente recebeu ameaças de morte na África do Sul por ter representado o cadáver de Nelson Mandela numa alegoria do quadro de Rembrandt "Aula de Anatomia".

 

Yiull Damasco pintou o corpo do líder histórico negro anti-apartheid a ser dissecado por figuras liderantes da actual cena política sul-africana sendo por isso condenado vigorosamente pelo ANC, o partido no poder na África do Sul.

 

Damasco foi acusado de insultar Mandela e crenças africanas que associam a representação em cadáver de uma pessoa ainda viva a práticas de feitiçaria negra.

 

O jovem pintor sul-africano, de ascendência luso-italiana, assegurou que pretendia apenas representar, em alegoria, o aproveitamento e delapidação da herança de Mandela pelos políticos que lhes sucederam.


publicado por António Mateus às 19:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Abril de 2010

ÁFRICA SUL: ASSASSÍNIO DE PESADELO

 

O assassínio do antigo lider do AWB deixa a nú a escala e o potencial de violência latente num dos países mais deslumbrantes do Mundo.

 

Conheci Eugene Terreblanche de perto durante os 10 anos que chefiei a Lusa naquele país e a imagem que guardo é a de um homem que era uma força da natureza, brutal, carismático e que despertava a lealdade das franjas brancas mais radicais.

 

O AWB (Movimento de Resistência Afrikaner) é um grupo de extrema direita, de supremacia afrikaner, com uma ala paramilitar (Ystergard)  em que militavam informalmente dezenas de antigos comandos, paraquedistas e fuzleiros.

 

A morte brutal de Terreblanche segue paradoxalmente sortes idênticas sofridas por centenas de agricultores brancos asssassinados naquele país mas é, em si, um duplo pesadelo para a administração do ANC (no poder na África do Sul).

 

Por um lado, vem na esteira de posturas provocatórias racistas anti-brancos do lider da juventude do ANC, como a recuperação do hino "Morte aos boer" (boer=agricultor afrikaner).

 

Por outro, a decorrente factura de escalada de tensões raciais numa África do Sul onde a criminalidade violenta assume muitas vezes facetas racistas e/ou xenófobas.

 

 

 


publicado por António Mateus às 13:46
link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds