Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

ASTEROIDE A CAMINHO

 

   A Rússia anunciou projectos de enviar uma missão para o Espaço incumbida de destruir um asteróide cuja trajectória poderá colocá-lo numa rota de colisão com a Terra em 2029.


   Os cientistas têm revisto sucessivamente desde 2004 (ano em que foi descoberto) as probabilidades de o Apophis, com 273 metros de diâmetro, colidir com o nosso Planeta, uma eventualidade actualmente classificada como remota.


   O nome vem de um antigo Deus egípcio, Apep, que  significa "o destruidor".


   A Rússia anunciou que irá convidar a NASA, a Agencia espacial Europeia e a China a juntarem-se a este projecto.


   O argumento é que mesmo que o Apophis venha a "falhar" a Terra, é melhor prevenir do que remediar e o projecto poderá vir a ser providencial em futuras eventuais situações.

 

 


publicado por António Mateus às 13:35
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Junho de 2009

TVS MOSTRAM IMAGENS FALSAS

   Pelo menos duas televisões e uma rádio reportaram a "descoberta" de fotografias de supostos "últimos momentos" do avião da Air France que se despenhou no Oceano Atlântico.

 

   As vítimas (em boa fé) da fraude foram a televisão boliviana PAT e a polaca TVN24 e ainda a rádio holandesa BNR.

 

  Em imagens postas a circular no Youtube, uma apresentadora da PAT descreve em pormenor o que afirma ter sido um registo de imagens, recuperado da memória da máquina fotográfica de um dos passageiros do avião acidentado.

 

  O registo em causa era na verdade uma encenação feita para a série televisiva "Lost".

 

   As duas tvs e a rádio em causa já pediram desculpa pelo erro.

 

 


publicado por António Mateus às 09:49
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

PORTUGUESA SOBREVIVE A DESASTRE


 

    Mónica Bragança, portuguesa, 30 anos, escapou por milagre a um acidente na África do Sul quando a pick-up que conduzia chocou de frente com uma avioneta que fazia uma aterragem de emergencia.

   O acidente ocorreu domingo na região de Krugersdorp, arredores de Joanesburgo.

   A portuguesa, uma amiga e um amigo vajavam na altura numa estrada rural. Os três integravam um grupo de praticantes de "freeboarding", desporto radical que consiste no controlo de "skateboard" em estradas com um declínio acentuado.

   O acidente ocorreu quando o trio ia recolher o grupo que acabara de descer a rampa nos "skateboards". Uma avioneta Piper Cherokee com dois ocupantes aterrou na altura de emergência na estrada, a uns 10 metros da viatura, em sentido contrário, tornando a colisão inevitável.

  

  Membros do grupo que aguardava boleia no fundo da estrada aperceberam-se do acidente e acorreram ao local, salvando o piloto e seu passageiro, que se encontravam feridos no interior da avioneta.

 

   Mónica e os amigos Anna Vaulina e Tony Aswegan (que viajava na caixa aberta da pick-up e foi projectado uns 10 metros pela colisão) sofreram apenas escoriações pequenas.

 

   «Tivemos muita sorte em estar no carro que estávamos», afirmou Mónica Bragança. A «pick up» tinha à frente umas barras de ferro que preveniram que o embate tivesse consequências mais graves.

 


publicado por António Mateus às 21:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

OURO "ASSASSINO"

 

  
 
   Um acidente numa mina de ouro “abandonada” de Welkom, próximo de Joanesburgo, provocou pelo menos 61 mortos.
 
   O acidente aconteceu numa mina pertencente à Harmony Gold e onde os trabalhos estavam suspensos por falta de rentabilidade.
 
   A África do Sul é o maior produtor mundial de ouro e suspende muitas vezes a exploração de veios quando o preço deste minério ou a profundidade/gradiente do veio comprometem a rentabilidade da mineração.
 
   A Harmony Gold anunciara em comunicado terem sido presos cerca de 300 mineiros ilegais nas últimas duas semanas.

publicado por António Mateus às 14:05
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

PARAÍSO OU INFERNO?

   Moçambique é sem dúvida um dos “segredos” mais bem escondidos do mundo lusófono para quem nunca aportou em terras baptizadas há séculos por Vasco da Gama como sendo da “boa gente”.

   Mas é também – sabe-se agora - palco sentenciado a tornar-se cada vez mais cenário de cheias, secas, ciclones e epidemias.

   Essa é a principal conclusão de um estudo financiado pelas Nações Unidas e agora publicado sob o título “Relatório das mudanças climáticas”.

   O documento sublinha que aqueles desastres naturais serão cada vez mais frequentes e intensos em Moçambique devido ao aquecimento global do Planeta.

   Os investigadores aconselham o governo moçambicano a multiplicar o alcance dos actuais sistemas de combate a calamidades naturais e a desenvolver uma estratégia nacional de resposta às alterações climáticas configuradas.

   Moçambique ainda está a recuperar do ciclone Jokwe, que provocou no ano passado dezenas de mortos e deixou milhares de pessoas sem abrigo e meios de subsistência.

   Isto depois de o país ter sido palco de cheias devastadoras, em 2000 e 2007,  e de a malária ali apresentar algumas das formas mais letais do Planeta. 


publicado por António Mateus às 15:11
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

MENINOS DE TODOS NÓS

 

 

   Cada vez que escuto esta música recordo os milhões de meninos que rebuscam migalhas dos nossos desperdícios enquanto nós, todos os dias, despejamos no lixo "os restos" que já não nos apetecem.

 

   Lembro-me do  Kevin Carter (fotógrafo brilhante que conheci enquanto destacado na África do Sul) que se suicidou por não poder viver com memórias de uma fotografia por ele tirada no Sudão a uma criança a esvair-se de fome.

 

   Recordam-se de uma foto de um menino negro, agachado, esquálido, com um abutre por detrás a olhá-lo?

 

   É dessa fotografia  que vos falo. Faz hoje 15 anos que o Kevin nos deixou, por lhe doer o virar da cara.

 

    Afinal não são todos os meninos, filhos de todos nós?

 

Em tua memória Kevin:

 

 

 

 

 


publicado por António Mateus às 09:42
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

JORNALISTA PORTUGUESA MORRE NA ETIÓPIA


 

   Uma jornalista portuguesa morreu em serviço na Etiópia em circunstâncias contraditórias.

 

   Carina Mateus Barroca, de 27 anos,  era natural de Oleiros e licenciada em Relações Internacionais pela Faculdade de Coimbra.


   A Rádio da Beira Interior reportou que Barroca perdeu a vida durante um ataque à viatura em que vajava com outros dois jornalistas; uma  italiana – que morreria mais tarde – e um francês – que se encontra gravemente ferido.


   Mas a Secretaria de Estado das Comunidades foi hoje citada a precisar que se tratou de um desastre de viação e não de um ataque.


   Carina Barroca trabalhava para o site económico "World Investment News"  e encontrava-se desde finais de Março com os dois colegas na Etiópia a preparar um dossier daquele país para a revista "US News & World Report". 

 

 


publicado por António Mateus às 09:02
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

FAMÍLIA SOBREVIVE

 
 

    Podia ter sido um desastre mas foi, apesar de todas as adversidades, um exemplo de luz e de positivismo dos intervenientes.

 

   Nos Estados Unidos, uma família de quatro pessoas acabara de descolar de um aeroporto na Florida, quando o piloto do bimotor em que viajavam morreu aos comandos do aparelho.

 

    Pai, mulher e duas filhas mantiveram o sangue frio. O chefe de família contactou a torre de controlo, pediu instruções e acabou por fazer aterrar o aparelho em segurança, graças ao apoio recebido de um perito, via telemóvel.

 

   Um “milagre de Páscoa”, mostrado hoje no Telejornal e no Jornal2 da RTP.

 
Veja por si através do link:
 

http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=1103&idpod=24251&formato=flv 


publicado por António Mateus às 21:31
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

DESASTRE HOLANDA

 

    Milagre ou desastre?
    Um Boeing 737 das linhas aéreas turcas partiu-se em três ao aterrar num descampado, a 3 kms do aeroporto holandês de Schiphol, mas o número de vítimas foi muito menor do que o receado.
 
   Das 135 pessoas que seguiam a bordo há para já notícia da morte de nove pessoas e ferimentos em pelo menos cinquenta outras.
 
   O voo TK1951 largara de Istambul  às 6 e 20 da manhã com destino a Amesterdão. Três horas e 11 minutos mais tarde despenhou-se de nariz para cima após perder repetinamente altitude por motivos ainda desconhecidos.
 
   Um porta-voz do governo holandês afirmou não existirem , pelo menos por enquanto, indícios de acto de terrorismo na origem do desastre.

publicado por António Mateus às 12:55
link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds