Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

A PELE DA VERDADE

      Deslumbrante é quem troca o fel por mel!

 
   ...quem não julga os outros por respeitar a diferença no sentir....
  ...e saber que o nosso olhar apenas toca a pele da verdade.
 

publicado por António Mateus às 16:01
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010

MANDELA - 20 ANOS DE LUZ

 

   É só o político e o homem mais extraordinário que conheci pessoalmente em 26 anos de carreira como jornalista!

 

  Completam-se hoje 20 anos que Nelson Mandela foi libertado após 27 anos de prisão por liderar a luta armada contra o sistema de apartheid na África do Sul.

 

   Tinha 71 anos de idade e todas as razões emocionais para responder da mesma forma a quem o humilhou ao ponto de lhe ser negado o direito de assistir ao funeral do filho mais novo, assassinado pelo regime de apartheid.

 

  Madiba escolheu ser antes uma ponte de luz e reconciliação. Um político que exerceu o poder em serviço de valores de solidariedade, humanismo e de reencontro num país em risco de guerra civil.

 

   O resto é História e, para mim, uma experiência de vida, de seis anos, na periferia de alguém que jamais esquecerei, no resto da vida.

 


publicado por António Mateus às 13:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010

PRAZER VIRTUAL

 

  Foto El Mundo

 

   Cada espanhol dedica em média menos de duas horas por semana à vida sexual e a maioria mente quanto ao prazer e prestação.


   O estudo deixa virtualmente a nú a pobreza da vida íntima de nuestros hermanos, mas tudo indica que a realidade média não seja muito diferente deste lado da fronteira.

 

   Uma em cada três espanholas afirma ser necessário fingir por vezes o prazer na cama enquanto os homens são fanfarrões sobre a sua prestação.


 O estudo envolveu 3 mil espanhois de idades compreendidas entre os 25 e os 70 anos.


   A investigação revela que a falta de tempo e o stress estão a devastar a vida sexual dos adultos espanhois (principalmente nos centros urbanos); com a falta de desejo a ser assumida por 52 por cento dos entrevistados.


   Apesar de os problemas sexuais preocuparem tanto os espanhois como o colestrol e a diabetes, os tabús em torno do sexo levam a que apenas um décimo das pessoas com problemas nesse foro procurem ajuda.


   O estudo sublinha ainda que a facilidade com que as mulheres fingem ter prazer revela o nível de ignorância média dos homens sobre a intimidade feminina.

 

http://www.elmundo.es/elmundosalud/2010/02/10/medicina/1265806058.html

 


publicado por António Mateus às 13:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

MORREU LÍNGUA

 

   Era a última pessoa que sabia falar uma das línguas mais antigas do mundo.

 

   Boa Sr vivia nas ilhas Andaman, tuteladas pela India, e pertencia à pequena comunidade dos grande-andamamaneses.

 

   A língua bo - falada pela tribo do mesmo nome, extinta com a morte desta anciâ de 85 anos - era uma entre dez línguas faladas pelos grande-andamaneses e teria por volta de 65 mil anos.

 

   Línguistas acreditam que esses idiomas já eram utilizados na região durante o período Pré-neolítico e que alguns deles seriam originários de África.

 

   Durante  os últimos 40 anos, após a morte dos seus pais, Boa foi a última pessoa capaz de falar a língua bo e teve de aprender uma versão andamanesa do hindi (idioma falado por 70% dos indianos) para comunicar com as pessoas à sua volta.

 

  Escute este registo da anciâ a falar a língua agora desaparecida:

 

 


publicado por António Mateus às 14:17
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

MANDELA DE TODOS NÓS

 

   Quinta-feira completam-se 20 anos da libertação de Nelson Mandela, seis dos quais eu tive o privilégio de acompanhar diariamente como jornalista.
 
   Poderia estar dias a fio a partilhar convosco mil histórias do político, do gigante de humildade, do lider que o era em serviço dos outros e que acarinhava a diferença como uma jóia e não uma adversidade.
 
   Mas mais do que tudo, recordo o Homem que nos fazia sentir gigantes de possibilidades, de luz e de bondade se assim o quiséssemos.
 
   E ele fazia-nos isso também; o milagre de o querermos...
    ... por nós todos. Como irmãos! 
 
 

publicado por António Mateus às 13:39
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

CORTES DE SALÁRIOS!

 
  Grécia de joelhos. O aviso a todos nós está lançado!
 

   Muito mais cedo do que esperamos, todos os que trabalhamos por conta de outrém vamos ter cortes nos salários para evitar seguirmos o descalabro de Atenas.

   A questão já não é “se” mas “quando” e "quanto"!
 

   A matemática é uma ciência lógica e exacta.  Quando consumimos muito mais do que o que produzimos, o fazemos há muito e nos habituámos a depender de um Estado em rota de falência (insustentável a médio e - ainda mais - longo prazo), o acerto só é possível através de um aperto de cinto radical.

 

   É como gastar-se todos os meses mais do que o recebido em salário!

 

   Durante muitos anos sustentou-se isso à conta dos décimos terceiros e quartos meses. E depois com a conta-salário.  O problema é que o credor – o Estado – também já se endividou ao limite dos juros que consegue suportar!

    E agora? A solução é óbvia. Penosa, mas óbvia.

 
   O Eça de Queirós avisava, cínico (?), que Portugal não era um país mas um...sítio.

   Habituámo-nos a um laisser-passer, décadas a fio, acreditando na sustentação do país por uma suposta qualidade de serviços, quimera que, de repente, está a ser deixada a nú. Sem anestesia.

 

   Para mim que multipliquei o amor pelo meu país - ao residir 16 anos no estrangeiro (por destacamento de serviço) - e me incomodam os velhos do Restelo ser-me-ia "lógico" e fácil enterrar a cabeça num buraco e presumir a ignorância do mensageiro.

 

   Só que eu exerço este meu patriotismo da mesma forma que sou pai; olhando os problemas com carinho e positivismo mas também de forma realista e responsável.

 

   Não se iludam; o filme “Up in the air” de George Clooney poderá parecer uma visão cínica da forma como empresas e países serão cada vez mais geridos. Mas é – em boa verdade – cada vez mais a via-padrão, num mundo onde os valores prevalecentes são  financeiros e não humanos ou humanizantes.

 

 


publicado por António Mateus às 14:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

JANELA DE OPORTUNIDADE

 

   Acusado pelos seus (afrikaners) de “verraier” (traidor), o último presidente branco da África do Sul evitou há 20 anos uma catástrofe no seu país.
 
   Frederik de Klerk recorda dessa forma o anúncio que fez no parlamento de libertar Nelson Mandela e legalizar os movimentos que combatiam pelas armas o sistema de apartheid.
 
   “Os nove dias que mediaram entre o meu discurso no parlamento e a libertação de Nelson Mandela, a 11 de Fevereiro de 1990, mudaram a África do Sul para sempre” – afirmou  de Klerk, agora com 73 anos.
   “Quando a história abre uma janela de oportunidade é importante que a atravessemos”.
 
   De Klerk opcupava o cargo de presidente há apenas cinco meses quando fez um discurso histórico que provocou a ira dos conservadores e apreensão entre muitos que receavam a repetição na África do Sul do caos registado nas transições de Angola e Moçambique.
 
    Mandela e de Klerk partilhariam em 1993 o Prémio Nobel da Paz, um ano antes de o lider histórico anti-apartheid se tornar o primeiro presidente não branco da maior economia africana.

publicado por António Mateus às 14:17
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

INSIDE "INVICTUS"



publicado por António Mateus às 16:34
link do post | comentar | favorito

MANDELA LIBERTADO

 

   Passam hoje 20 anos, o então presidente sul-africano Frederik de Klerk anunciava a libertação de Nelson Mandela após 27 anos de prisão.

 

   Era o início de uma transformção histórica e conturbada que se temeu resultasse numa guerra civil no país maior produtor mundial de ouro.

 

   Afinal, de Klerk e Mandela tornar-se-iam protagonistas de uma reforma exemplar que lhes valeria, anos mais tarde, a partilha do prémio Nobel de Paz.

 


publicado por António Mateus às 13:27
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

MANDELA NO PORTO

   

   Sexta-feira, à meia-noite, vou partilhar convosco no cinema Nunálvares do Porto a experiência que foi acompanhar durante seis anos Nelson Mandela como jornalista...

 

   ...e ainda  ter assistido pessoalmente a quase tudo o retratado no filme Invictus, incluindo a final do Mundial de Rugby que é o ponto alto deste documento assinado por Clint Eastwood e com Morgan Freeman e Matt Damon nos principais papeis!

 

Até lá!

 

 


publicado por António Mateus às 12:48
link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds