Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010

SUPER ANÚNCIO

 

   É um "pormenor" mencionado no filme "Invictus" que se estreia em Portugal na próxima semana.

 

   Uma agencia de publicidade sul-africana usou mesmo um Jumbo para fazer um voo rasante sobre o estádio de Joanesburgo onde iria decorrer a final do Mundial de Rugby.

 

   Eu sei....vi-o!  E se dúvidas houvesse perca-as ao ver o clip acima inserido.

 

   Prepare-se para "loucuras" do género durante o Mundial de futebol que vai decorrer em Julho na África do Sul.

 


publicado por António Mateus às 17:34
link do post | comentar | favorito

PERFUME TELÚRICO

 

   Haverá algum estímulo mais delicioso do que a referência de pão fresco e ainda por cima entregue ao domicílio?

 

   A proposta aí está;  - "Pão fresco à porta de sua casa" !

 

   "Comece o seu dia com a disposição em alta ao receber pão/Bolo fresco, quente e estaladiço todas as manhãs no conforto da sua casa" - lê-se no "site" promotor.

 

   Ui...apetece experimentar!

 

http://www.saborapao.com/home.aspx

 


publicado por António Mateus às 16:39
link do post | comentar | favorito

MAGIA DE PERDOAR

 

    Há momentos únicos de harmonia nas nossas vidas.
 
   O filme Invictus que se estreia na proxima semana em Portugal é disso um repositório perfeito.
 
   A magia de Nelson Mandela transbordada no campo desportivo e, através deste, para um país então ameaçado por um cenário de guerra civil.

 


publicado por António Mateus às 15:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

ROSS DUNN - "amba kahle"!

 

 

   Há cinco anos que é uma estrela do céu, o melhor jornalista que conheci na vida e me deu o imenso prazer de ser meu amigo.

 

   Ross Dunn nasceu há 55 anos na Austrália, e era um dos mais brilhantes jovens jornalistas do seu país quando foi colocado na África do Sul, logo após a libertação de Nelson Mandela.

 

   Dele era um sentido de justiça e um humanismo únicos. Uma pena ágil, coragem e  verticalidade, só comparáveis a uma imbatível atracção pelo precipício no campo afectivo, finalmente redimida em Israel onde uma doença fatal lhe traiu o sorriso.

 

   Dele era esta expressão única (*)...minha, a saudade imensa de um amigo e de um jornalista únicos.

 

   Até já meu amigo! (amba kahle - em zulu)

 

(*)  He used to joke that all subeditors had a secret button on their keyboards called the BLB - the Best Line Button. Hit the button and it would automatically search out the best line in the story (in the reporter's view) and delete it.


publicado por António Mateus às 18:49
link do post | comentar | favorito

REPENSA TEUS JUIZOS

 

   Estreia na próxima quarta-feira em Portugal um filme-lição de vida deslumbrante.

 

   Por ter testemunhado pessoalmente, como jornalista, os factos nele narrados, irei até essa data trazer-vos aqui diariamente, neste blog, luzes de um imperdível - INVICTUS!

 

   Digo-o sem quaisquer segundas intenções que não seja partilhar convosco uma oportunidade de sermos melhores...

    ...se o quisermos.


publicado por António Mateus às 13:17
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

INVICTUS - ESTREIA DE LUZ!

 

   O filme "Invictus" estreia na próxima semana em Portugal!
 
    É só uma das histórias reais mais comovedoras e cheia de luz que já testemunhei enquanto ser humano, primeiro, e jornalista, depois.
  
   Foi o próprio Nelson Mandela quem pediu a Morgan Freeman que interpretasse a sua personagem no filme “Invictus" já estreado nos Estados Unidos.
 
    “Invictus” ( "inconquistado" ou "inconquistável" em latim) foi titulo "importado" de um poema (1) publicado em 1857 pelo britânico William Ernest Henley e que era leitura de referência de Mandela durante os 27 anos por este cumpridos em prisão.
 
   “Madiba”, como é conhecido afectuosamente entre os seus próximos, aceitou em retorno abrir a sua privacidade ao actor norte-americano,
 
   Freeman pediu a Mandela uma proximidade tal que pudesse segurar a mão do lider histórico negro de modo a captar a sua energia e falar e mover-se como ele.
 
   O filme aborda o visionarismo de como um líder político negro – Nelson Mandela – e um líder desportivo branco – François Piennaar (capitão da selecção de rugby sul-africana) protagonizaram um abraço racial “mágico” num país que ameaçava explodir em guerra civil.
 
   Morgan Freeman interpreta o papel do agora nonagenário Nelson Mandela, depois de este ter assumido a presidência da África do Sul em 1994.
 
 (1)     Invictus
 
Out of the night that covers me,
Black as the Pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed.

Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds, and shall find, me unafraid.

It matters not how strait the gate,
How charged with punishments the scroll.
I am the master of my fate:
I am the captain of my soul.
 

publicado por António Mateus às 16:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

FRAGILIDADE HUMANA

 

   Um hotel de luxo desfeito com a fragilidade de um castelo de cartas.

 

   Equipas de emergência travam uma luta contra-relógio para resgatar sobreviventes entre os escombros daquilo que foi uma cidade...a capital haitiana.

 

   Num país de população com dimensão idêntica à portuguesa, vegeta-se na rua e, à medida que os dias se somam, agrava-se o desespero de quem luta pela sobrevivência.

 

   A ajuda humanitária chegou desta vez em quantidades maciças, mas o aeroporto de Port au Prince não tem meios para descarregar os contentores de alimentos, medicamentos e outros donativos internacionais.

 

   A fragilidade humana deixada a nú. Não será tempo de revermos o autismo em que vivemos e as ilhas de solidão que vamos construindo à nossa volta?

 

 

http://abcnews.go.com/video/playerIndex?id=9566244

 

 


publicado por António Mateus às 13:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

UM SÓ MUNDO

 

 

   Se dúvidas houvesse a tragédia do Haiti deixou-o bem claro; este é um só Mundo!


   Ninguém pode ficar indiferente à tragédia que se abateu  sobre um país de mais nove milhões de pessoas, uma população próxima da portuguesa e na sua esmagadora maioria pobre.


   A Save the Children fala de mais de dois milhões de crianças afectadas e que muitas delas terão ficado orfâs ou feridas.


   Enquanto isso, familiares e amigos de pessoas desaparecidas, escavam com as próprias mãos entre ruínas de prédios de cimento, guiados pelos gemidos e gritos de vítimas ainda sobreviventes.


   Nos Estados Unidos, Barack Obama já o afirmou; este é um tempo de a humanidade dar as mãos. O sofrimento haitiano é de todos nós.

 


publicado por António Mateus às 21:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

HAITI DE JOELHOS

 

   Uma aflição sem fronteiras!
 
  
   Ninguém sabe, nem por aproximação, o número de vítimas mortais do terramoto que devastou o Haiti, mas já se fala em mais de meio milhão de mortos.
 
   Haitianos no estrangeiro desesperam com a falta de notícias sobre familiares e amigos.
 
   Naquela antiga colónia francesa, “descoberta” por Cristóvão Colombo, a natureza esmagou a humanidade à sua dimensão real.
 
   Milhões de pessoas postas de joelhos nas Caraíbas, num desastre semelhante ao destruiu a Grande Lisboa há três séculos.
 
   A escala do sofrimento é inenarrável.
   Dezenas de países, da China aos Estados Unidos, já estão a preparar operações de ajuda de emergência.
 

publicado por António Mateus às 18:45
link do post | comentar | favorito

TORMENTA DOBRADA EM ESPERANÇA

 

   Terra de Nelson Mandela, onde me reescrevi como jornalista, como ser humano.

 

   Terra onde a tormenta se sobra há séculos em esperança.

 

   País do meu arco-íris, me tocas de todas as formas, com tuas contradições e contrastes mas onde aprendemos a acrescentarmo-nos na diferença.

 

    Obrigado por isso!

 


publicado por António Mateus às 12:46
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds