Sábado, 21 de Março de 2009

VITÓRIA HISTÓRICA DE PORTUGAL

 

   Com alma de guerreiros, os “Lobos” acreditaram e lutaram pela vitória até ao último minuto, quando tudo lhes era adverso.

 

   Só na ultima jogada do encontro Portugal se adiantou e por um ponto à Roménia, acabando por vencer por 22-21 num jogo crucial para as aspirações lusas no “Mundial” de rugby.

 

   Até ali recolhera aos balneários, ao intervalo, em desvantagem de 15-6 e perdia a cinco minutos do fim do jogo por 21-9.

  

   Com esta vitória, o quinze português subiu ao primeiro lugar do seu grupo de apuramento para o Mundial de 2011, seguido pela Geórgia e a Rússia.

 

  No último encontro entre as duas equipas, a Roménia derrotou Portugal por 14-10 , em jogo da fase final do Mundial, disputada em França, em 2007.

 

 


publicado por António Mateus às 20:20
link do post | comentar | favorito

PAPA DE EXTREMOS

 

  

    Em 72 horas o Papa tornou-se um exemplo de dois extremos opostos:

Irrealismo e frontalidade.

 

   Primeiro, nos Camarões, Bento XVI deu mais um tiro no pé do respeito global pela idoneidade do Vaticano ao condenar o uso dos preservativos no continente mais flagelado do Mundo pela SIDA.

 

   Depois, já em Luanda, sublinhou a obscenidade dos salamaleques internacionais perante um país onde uma pobreza generalizada convive paredes-meias com riquezas indizíveis.

 

   Enquanto em Lisboa a quase unanimidade dos partidos e analistas teve um ataque de amnésia e vestiu as botas do interesseirismo vis-à-vis Luanda, o Papa pediu, à frente de José Eduardo dos Santos, que África se liberte do “flagelo da avidez, da violência e da desordem”.

 

   E mais não digo!

   Para quê?


publicado por António Mateus às 00:02
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Março de 2009

GPS PERDE O NORTE

  
    É a desorientação no mundo do....GPS!
 
    Duas gigantes da área trocam acusações e processos em tribunais sobre patentes neste sistema de orientação por satélite.
 
    A fabricante holandesa Tom Tom acusa agora a Microsoft de ter violado três das suas patentes, depois de o colosso norte-americano se ter queixado de a primeira infringir direitos tecnológicos.
 
   Após mais de um ano de negociações, as duas empresas recorrrem assim a tribunal para recuperar o Norte.
 

publicado por António Mateus às 15:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

UM ADEUS BRANCO

 

 

    Nunca fui adepto do modismo do esqui na neve, até por ser um “animal” de azimutes tropicais, areais quentinhos entre os dedos. O beijo do Sol na pele.

 

   Mas reconheço ser uma vertigem que atrai milhões e onde se correm riscos sérios, como o provou à saciedade a morte de Natasha Richardson, actriz de talentos-mil, ou não fosse filha desse “monstro” chamado Vanessa Redgrave.

 

   Aos 45 anos de idade, a mulher de Liam Neeson (lembram-se da Lista de Schindler?) caiu numa pista para principiantes em Montreal, durante uma aula de esqui.

 

   Inicialmente, não pareceu ter ficado ferida, mas uma hora depois queixou-se de dores de cabeça. Piorou e foi levada para um hospital perto de casa, em Nova Iorque, onde a família se juntou.

 

   Acabaria por morrer com um derrame cerebral...

 

   Natasha Jane Richardson nasceu em Londres a 11 de Maio de 1963.

   Estreou-se em palco aos quatro anos.  


publicado por António Mateus às 20:49
link do post | comentar | favorito

PRESO POR ERRO 27 ANOS

  

   (FOTO BBC)

 

 

   Testes de ADN levaram à libertação por erro jurídico de um homem que esteve detido durante 27 anos.


   Sean Hodgson, de 58 anos, foi encarcerado pelo assassínio de Teresa de Simone.


   O britânico pode reclamar agora uma mega indemnização do Estado britânico.

 

    O assassínio de Simone ocorreu na madrugada de 4 de Dezembro de 1979, após a jovem de 22 anos ter saído para dançar com uma amiga.

    O corpo semi-nú da vítima  foi encontrado na manhã seguinte, dentro do seu automóvel, com sinais de estrangulamento e violentação sexual.
 
    Meses mais tarde, um detido (por roubo), Sean Hodgson,  pediu a presença de um padre a quem “confessou” o assassínio da jovem empregada de bar.

    Hodgson desmentiu posteriormente em tribunal ser o autor da agressão. Na mesma altura apurou-se que o indivíduo “confessara” a “autoria” de uma série de outros crimes.
 
    Apesar disso e de os testes forênsicos disponíveis na altura não permitirem uma culpabilização absoluta de Hodgson, o júri condenou-o por unanimidade a uma pena de prisão perpétua.
 
   Testes de ADN acabaram por provar a inocência do condenado que regressou hoje, finalmente, à liberdade.


publicado por António Mateus às 08:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Março de 2009

RENASCER COMUNISTA

 

O aviso está lançado; o efeito político “secundário” mais pesado da crise económica mundial é o ressurgir de um “Bloco do Leste”.

 

Afinal nada de espantoso ou imprevisto; A degradação comparativa da qualidade de vida dentro da Cortina de Ferro esteve na base da falência desta, a troco de promessas ocidentais de apoio à reconversão das antigas economias de Estado.

 

Quando os fundos ocidentais se tornaram curtos até para consumo doméstico, os dependentes externos ficaram entregues a si, que é como quem diz, a trautear “ó tempo volta pra t´rás”.

Não é por isso de surpreender o anúncio por Moscovo de ir acelerar a partir de 2011 o seu rearmamento.

 

E atrás da Rússia, ou melhor, em seu redor, recuperam voz e apoios os sectores comunistas de antigos países da Cortina de Ferro.

 

Antes viver com alguma qualidade, por menor que ela seja, sob o chapéu de chuva de uma ditadura de Estado, do que entregue aos bichos e sem horizontes, com a nulidade de liberdade dos despojados.

 

       A alternativa? Teremos todos nós de a (re)inventar. Para bem dos nossos filhos.

        Difícil? Nem tanto. Basta sermos menos umbiguistas.


 


publicado por António Mateus às 23:59
link do post | comentar | favorito

MONSTRO DE AMSTETTEN

   (Foto: D.R.)

 

 
 
O “monstro de Amstetten” deu o dito por não o dito e admitiu finalmente o homícidio de um filho-neto, fruto de repetidas violações por ele cometidas.
 
Josef Fritzl incorre numa sentença máxima de prisão perpétua por ter sequestrado, mantido refém e violado uma das duas filhas durante 24 anos.
 
Em resultado dessas violações nasceram sete crianças, uma das quais morreria por falta de cuidados médicos adequados.
 

          A sentença final deste caso deverá ser proferida amanhã.


publicado por António Mateus às 13:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Março de 2009

SUPER RATO!

 

 

    Mighty Mouse ou, na versão portuguesa, o Super Rato, é um dos mais antigos companheiros que me recordo da minha infância.

 

   No tempo em que a televisão ainda era uma novidade, com válvulas, e a imagem a côr um deslumbramento tecnológico recém-adquirido.

 

 


publicado por António Mateus às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

LIÇÃO DE BOM JORNALISMO

 

 
   Vi com todos os sentidos, o coração e a razão, os (excelentes) trabalhos feitos recentemente pelo Luis Castro e o Nuno Patrício (ambos da RTP) na Guiné-Bissau.
 
   Um exemplo de sensibilidade humana, jornalismo no seu melhor e uma bofetada de luva branca em quem insiste que África já não interessa aos telespectadores, leitores e ouvintes portugueses.
 
   O mal é que quem dita os conteúdos dos jornais e telejornais é na generalidade absolutamente ignorante da realidade africana e da forma como esta se borda no nosso existir. E ignorando-a extrapola que não interessa à maioria dos outros.
 
   Agora, de repente, “descobriram” Angola!
 
   Curioso, há poucos meses as eleições naquele país foram cobertas quase como um “fait-divers” quando Luanda já era o destino mais procurado dos nossos empresários e por emigrantes portugueses....
 
   Obrigado Luis também por essa pedrada no charco.
 
 
P.S. Não tenho ilusões, no entanto. O charco voltará a alisar-se, pela força da gravidade.

publicado por António Mateus às 19:24
link do post | comentar | favorito

MARINHA APOSTA EM VIANA

 

Boas novas para os estaleiros navais nacionais e, em particular, para os de Viana do Castelo.
 
A Marinha escolheu o “know how” de Viana para a celebrar um acordo de construção de navios e lanchas,  num valor de 500 milhões de euros.

Os contratos prevêem a construção de cinco lanchas de fiscalização costeira (com possibilidade de opção por mais três), seis navios de patrulha oceânica (NPO) e dois navios de combate à poluição.
 
Os NPO vão substituir as corvetas da classe João Coutinho, já com 40 anos de vida.
 
Em relação às lanchas de fiscalização costeira, que vão substituir os barcos patrulha da classe "Cacine", datados de 1970, a primeira será entregue até final de 2012, o segundo par em 2013 e o terceiro em 2014.


publicado por António Mateus às 16:54
link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds