Terça-feira, 13 de Julho de 2010

INSANIDADE AO LIMITE

 

Um americano de 21 anos foi preso depois de atirar a filha de 18 meses para a frente de um carro em andamento.

O incidente aconteceu em Oackland, Estado da Califórnia, e a bebé escapou por milagre, apenas com escoriações e queimaduras provocadas pelo chassis do carro que lhe passou por cima e cujo condutor conseguiu evitar atropelá-la com o rodado.

O pai da criança, John Taylor, fugiu quando transeuntes lhe foram no encalço mas acabou por ser capturado após uma perseguição em que agrediu diversas pessoas.



publicado por António Mateus às 22:12
link do post | favorito
De ana maria saad a 13 de Julho de 2010 às 23:22
oi querido,
adoro seu blog!
bom eu sou uma sobrevivente dessa selva urbana!
e gostaria de convida-lo para conhecer meu site de cinema: www.pensamentosfilmados.com.br aonde tem o filme V.I.D.A. disponivel de graça, que é sobre a doença depressão. aqui no brasil ele ganhou premios e foi motivo de materia de jornais, tv, enfim!
Minha intenção é divulgar informação sobre tais doenças a fim de diminuir os preconceitos nessa selva urbana!
fica aí a dica!parabens pelo blog!
bjoka


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds