Quarta-feira, 22 de Junho de 2011

SEMEAR CARINHO

 

 

Michelle Obama conquista um país pelo carinho!

 

Num gesto cada vez mais raro foi recebida por Nelson Mandela, a um menos de o lider histórico anti-apartheid completar 93 anos.

 

Madiba encontra-se extremamente fragilizado mas abriu uma excepção a Michelle Obama, na sua retirada de atos públicos.

 

A primeira primeira dama negra americana retribuiu depois o gesto do primeiro presidente negro sul-africano e espalhou carinho e simpatia numa escola de crianças pobres de Pretoria.

 


publicado por António Mateus às 16:50
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010

MANDELA CURTIDO POR 200

 

A prova de que todos estamos abertos ao positivismo.

 

Mais de 200 pessoas já curtiram em poucos dias a página do livro MANDELA - A construção de um Homem.

 

A apresentação do livro estará a cargo de António Vitorino e de Cândida Pinto, durante a cerimónia marcada para as 19h00 de 11 de Novembro, no auditório Nobre do Colégio Militar (Largo da Luz - Carnide/Lisboa).

 

Um retrato próximo de um herói dos nossos dias e de como se transformou, a si mesmo, para poder depois conduzir nesse sentido todos à sua volta. E através do seu exemplo tornar críticos e inimigos em parceiros de solução

 

Copia e visita o link na net:

 

http://www.facebook.com/search/?init=quick&q=helder%20perdig%C3%A3p&tas=0.04486143181148805&ref=ts#!/pages/Mandela-A-Construcao-de-um-Homem/164350846925374

 


publicado por António Mateus às 20:45
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

ACORDEI NA ÁFRICA DO SUL

 

Documento que diz mais do que milhões de palavras...

 

Passam hoje 20 anos que fui colocado como jornalista na África do Sul

...e, no coração, nunca mais de lá saí!


publicado por António Mateus às 17:03
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Maio de 2010

PAIXÃO LUSITANA NA ETIÓPIA

Foto: Paixão Lusitana

Vinte dias depois de largarem de caravana de Lisboa, os três portugueses já venceram os perigos do Sudão e rolam em bom ritmo na Etiópia a caminho do Quénia!

Partiram a 25 de Abril de carrinha dos jardins fronteiros à Torre de Belém e contam chegar ao Cabo da Boa Esperança, na África do Sul, a 10 de Junho, véspera do pontapé de saída do Mundial de Futebol naquele país.

Em metade do tempo que os navegadores portugueses levavam noutras eras a dobrar as tormentas em esperança no extremo Sul de África, estes maduros estão a escrever nova página da história, movidos pela paixão do futebol.

Carlos Brum, de 53 anos, açoriano residente no Algarve,  Joaquim Batista,  50 anos, de Torres Vedras, e Jorge Franco, 38, de Palmela, puseram-se à estrada após uma churrascada tarde adentro, entre abraços de amigos, familiares e passantes curiosos com a festa e colorido do evento.

Uma viagem de 17 500 quilómetros através do coração africano, após um trajecto europeu Lisboa-Madrid-Barcelona-Marselha, que poderá seguir aqui neste blog, ou no meu pessoal http://selvaurbana.blogs.sapo.pt,  ou ainda directamente na Paixão Lusitana - http://www.paixaolusitana.com/index.php



publicado por António Mateus às 15:25
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Abril de 2010

BELEZA SEM CORPO

 

Despediu-se do corpo um dos pais do rock e que lapidou, entre outras joias, os Sex Pistols.

 

Malcolm Mclaren deslumbrou-me na adolescência como um dos percursores do punck rock mas que dançou, no imaginário da música, em mil e uma sensibilidades, como no acima "embedded" Paris Paris, pintado pela voz da Catherine Deneuve.

 

No passado dia 8 desistiu de lutar contra um tipo raro de cancro e foi hoje sepultado, juntando-se ao abraço de energia em que um dia nos haveremos todos de somar.

 

Obrigado pelo sorriso, a luz e o ignorar das vozes que sempre o quiseram atar à terra.


publicado por António Mateus às 15:41
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

MANDELA DE TODOS NÓS

 

   Quinta-feira completam-se 20 anos da libertação de Nelson Mandela, seis dos quais eu tive o privilégio de acompanhar diariamente como jornalista.
 
   Poderia estar dias a fio a partilhar convosco mil histórias do político, do gigante de humildade, do lider que o era em serviço dos outros e que acarinhava a diferença como uma jóia e não uma adversidade.
 
   Mas mais do que tudo, recordo o Homem que nos fazia sentir gigantes de possibilidades, de luz e de bondade se assim o quiséssemos.
 
   E ele fazia-nos isso também; o milagre de o querermos...
    ... por nós todos. Como irmãos! 
 
 

publicado por António Mateus às 13:39
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS

   O riff de guitarra da música "Voodoo child", de Jimi Hendrix gravada há 41 anos por Jimi Hendrix  no LP "Electric Ladyland" foi eleito o melhor de todos os tempos pelo site "Music Radar" (http://www.musicradar.com/news/guitars/the-top-50-guitar-riffs-of-all-time-25-1-226933)
   Mais de cinco mil leitores participaram nesta escolha.
Confira a lista dos 25 melhores riffs de guitarra, de acordo com o Music Radar:
1° - "Voodoo child", Jimi Hendrix
2° - "Sweet child o' mine", Guns N' Roses
3° - "Whole lotta love", Led Zeppelin
4° - "Smoke on the water", Deep Purple
5° -  "Layla", Derek and the Dominos
6° - "Back in black", AC/DC
7° - "Enter sandman", Metallica
8° - "Day tripper", The Beatles
9° - "Smells like Teen Spirit", Nirvana
10° - "(I can't get no) satisfaction", The Rolling Stones
11° - "Paranoid", Black Sabbath
12° - "Plug in baby", Muse
13° - "Ain't talkin' 'bout love", Van Halen
14° - "You really got me", The Kinks
15° - "Seven nation army", The White Stripes
16° - "Highway to hell", AC/DC
17° - "Heartbreaker", Led Zeppelin
18° - "Iron man", Black Sabbath
19° - "Black dog", Led Zeppelin
20° - "Beat it", Michael Jackson
21° - "Paperback writer", The Beatles
22° - "Purple haze", Jimi Hendrix
23° - "Whole lotta Rosie", AC/DC
24° - "Johnny B Goode", Chuck Berry
25° - "Sad but true", Metallica
 

publicado por António Mateus às 17:21
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Julho de 2009

MANDELA MÁGICO

 

 

   É só o ser humano mais deslumbrante que já conheci nas minhas voltas pelo mundo e que foram imensas, ao longo de 22 anos como jornalista.

 

   Nelson Mandela, ou Madiba de nome de clâ e em tratamento afectuoso, é já fisicamente uma sombra pálida do ser que nos deu a todos muito mais do que será razoável esperar de um ser humano.

   Hoje, este xhosa sul-africano completou 91 anos e poucos mais deverá partilhar ainda connosco.

 

   Durante os 12 anos em que o acompanhei directa e indirectamente como jornalista na África do Sul, aprendi que aquilo que os media dele passam (aliás como da maioria das coisas) são apenas lugares comuns, uma caricatura da sua real escala e valor.

 

  Nele o que mais me toca não é a ausência de azedume pelas violências e encarceramento a que foi sujeito por se bater pelos direitos humanos, mas sim a sua noção de bem colectivo, o sentido de Estado, o respeito imenso pelos outros e a sedução pelo pensamento diferente.

 

  Ao contrário do que é prática nos nosso locais de trabalho e em quem nos governa, Mandela sempre se rodeou por quem pensava de forma distinta da sua, dos que o criticavam, por entender ser essa a única forma de se acrescentar, adicionando-se na diferença.

 

Hoje, para lhe devolvermos um pouco dessa luz, ou estarmos à altura dela, somos convidados a aderir ao Dia de Nelson Mandela e a passarmos a adoptá-lo como uma jornada mundial anual, dedicada a fazer algo pelo próximo e pelo Planeta em que vivemos.

 

   No Radio City Music Hall, em Nova Iorque, dezenas de estrelas do rock de todo o mundo vão juntar a sua voz a esse apelo colectivo, num mega-concerto que será transmitido à escala global via internet.

 

   Há 67 anos que Mandela aderiu activamente à luta pela defesa dos direitos humanos. No sábado pede-se a cada um de nós que dê 67 minutos do seu tempo, a tornar este mundo, um lugar melhor

 

 


publicado por António Mateus às 14:36
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

FUNERAL DA NOSSA DIGNIDADE

 

   Quando um Estado não se respeita a si mesmo quem o há-de fazer?
 
   Que dizer das “honras” prestadas hoje em Lisboa a um homem que foi o primeiro e último responsável pela prisão, execução sumária e enterro em valas comuns de centenas de homens que serviram a farda e ordens portuguesas?
 
   Luis Cabral presidia a Guiné-Bissau quando os antigos oficiais comandos negros foram “apanhados à unha” apesar das garantias dadas ao governo português de que seriam integrados nas forças de unidade nacional.
 
   Para evitar “conflitos” Portugal virou a cara às atrocidades cometidas contra aqueles homens por terem cumprido apenas e tão-só ordens de Lisboa.
 
   Para cuspir ainda mais na dignidade nacional, Luis Cabral foi depois acolhido em Portugal como “refugiado”, sustentado pelos contribuintes portugueses e agora sepultado “com honras”.
 
   Diria que quem desceu afinal hoje à sepultura foi a honra de quem continua indiferente e/ou a fingir que nada tem a ver com isso.

publicado por António Mateus às 16:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Abril de 2009

DeROSE EM LISBOA

DeRose e Deslumbramento

 

    Para quem nunca o conheceu/ouviu falar é um assombro e já está em Lisboa para lançar o Tratado de Yôga, a mais completa obra canónica em toda a história deste saber.

   Mestre DeRose é um farol de lucidez e saber, um pedagogo nato, com a humildade dos gigantes do conhecimento.

    Deixo-lhe um "cheirinho" do Tratado; ao longo de 973 páginas, ilustradas com mais de duas mil fotos, o livro contém, entre outros brilhos de alma, mais de 33 mantras em sânscrito, 108 mudrás e 2100 ásanas (técnicas corporais).
 
     O Tratado é apresentado às18h30 de sexta-feira, dia17, na Unidade DeRose, espaço lifestyle, em Lisboa ( www.espaco-lifestyle.org).

     Entre outros espaços de visibilidade mediática, Mestre DeRose vai estar em directo no Jornal 2, da RTP, sábado, a partir das 22h00.

publicado por António Mateus às 14:01
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds