Sábado, 26 de Setembro de 2009

ESCOLHI SER FELIZ



   Te sinto no ar que respiro, no arrepio de pele, na brisa do finar da tarde que se amorna. No piar das gaivotas que depenicam o espelho do mar.


   Me largo de mim num voo sem fim, sonhos adentro onde nos despimos meninos de tudo o que a vida foi pintando em nós e me descubro sentado no terceiro degrau do arco-íris.


   Raio de luz que me grita a vertigem de ser feliz porque sim. Porque essa é a vertigem de tocar. Aquela pele que nos arrepia com cheiros e desejos, mesmo antes de lá chegar.


  Não sei quem tu és. Onde moras. Mas sei que existes algures e só por isso tudo vale a pena. Estou a caminho de ti. Já me sentes? 

 

 

 


publicado por António Mateus às 13:05
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Regina Ponces a 28 de Setembro de 2009 às 13:34
Aceitei o desafio de uma amiga e cá apareci eu a visitar este seu blog e... deparo-me de imediato com este desabafo de "escolhi ser feliz"... E que bom que é!!!
Difícil esta nossa decisão de o ser... feliz... aquilo a que todos devíamos ter direito e razão primeira para vivermos! Mas nem sempre assim é... Às vezes, nem o é sequer...
As pessoas esquecem-se de que devem querer, devem desejar, ser felizes!
Eu também decidi que era isso que mais desejava! Ao fim de 40 anos, mais ou menos passivos, adormecidos, dormentes... percebi que precisava de voar, de sonhar mais longe e encetar essa viagem... ao fundo do mim, para me redescobrir, para me reinventar e ser feliz!
Foi o que decidi e cá estou!... Não é fácil, nem a redescoberta - levamos tantos anos a "encobrirmo-nos" de tanta coisa -, nem o reinventar de algo, por vezes há muito esquecido... mas, no fim, o resultado, é bom!
Viva a vida e a liberdade de querermos e podermos desejar ser felizes!


De António Mateus a 30 de Setembro de 2009 às 20:31
De luz e bondade se refaz o mundo. Se todos quisermos. E porque não?


Comentar post

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds