Terça-feira, 14 de Julho de 2009

JORNALISMO IGNORANTE DE ANGOLA/ÁFRICA

  

   É indicativo da nova realidade da sociedade portuguesa que, pelos vistos, só passa ao lado das prioridades editoriais dos nossos media.

 

   Angola é indiscutivelmente o maior foco de interesse externo do empresariado português e da nossa emigração mas ninguém o diria se tivesse por base de análise os nossos jornais/telejornais.

 

   E o motivo é só um: alguém inventou - acreditem ou não os não-jornalistas - que África "não faz audiências" (eu diria que o problema é antes a cada vez maior ignorância sobre o tema de quem define os alinhamentos).

 

  Mas como a vida prossegue o seu rumo, mesmo à revelia dos media (que paradoxo!) os dados agora revelados pelo SEF não deixam margem para dúvidas; pela primeira vez desde a independência de Angola o número de emigrantes angolanos em Portugal baixou.

 

   De 32.728 passaram a 27.619, no ano passado, enquanto o número de portugueses que procuram Angola não pára de aumentar e só é de alguma forma restringido pelas dificuldades na obtenção de vistos.

 

   É caso para dizer; acordem jornalistas!

 

   África e Angola têm de assumir nas páginas e alinhamentos dos nossos jornais o mesmo relevo que ganham cada vez mais junto dos portugueses senão admirem-se de um dia fazerem jornais só  para consumo dos amigos e da respectiva família.

 


publicado por António Mateus às 18:49
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds