Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

PORTUGAL COM LIEDSON

 

 A questão é de princípio mas onde começam e acabam as fronteiras do pragmatismo e as da hipocrisia?

 

   Liedson poderia ser indiscutivelmente uma solução imediata para um problema que exige soluções igualmente urgentes.

 

   Para Portugal garantir um lugar na fase final do Mundial de futebol de 2010 exige-se um quase milagre ou uma reviravolta radical na capacidade concretizadora da equipa.

 

   Tudo bem, poder-se-ia pensar. Ponderar. Digerir até, mas tempo para regurgitações é o que não se dispõe e se Portugal não vencer em Março a Suécia será matematicamente impossível estar na África do Sul.

 

   Se dúvidas houvesse quanto ao momento de forma de Liedson e a sua eficácia como goleador, o ultimo Sporting-Benfica tê-las-à esclarecido de forma fulminante;

    -   Se existe um “matador” a jogar em Portugal esse alguém é sem hesitação o avançado sportinguista.

 

   E falando a direito, se Obikwelu pode naturalizar-se português e correr com as cores lusas numa modalidade teoricamente amadora como o atletismo que falso moralismo trava o mesmo processo num campo altamente profissional como o futebol?

 

   E nem é preciso argumentar que o próprio já manifestou interesse nesse sentido e em jogar pela selecção portuguesa e reúne os requisitos legais para tanto.

 

   Se a naturalização de Liedson e a sua convocação para a selecção nacional nestas circunstâncias fossem terreno virgem ainda se poderia entender a hesitação, mas já ouviram falar de uns tais de Deco e de Pepe?

 

  E alguém ainda contesta o acerto dessas decisões?
 

 


publicado por António Mateus às 15:11
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds