Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

HOMENS VESTIDOS DE PELES DIFERENTES

  

 
Quem diria? Um não branco, de pele, ao leme da maior potência mundial. Onde o racismo foi campeão assumido e, como tal, aos poucos derrotado.
 
Obama não é (nem pode ser) um messias, mas arrasta consigo todas as interrogações mais profundas do devir.
Prevalece finalmente, em contra-corrente, a esperança num novo Homem, alguém atento aos outros, aos valores e à urgência de os resgatar, em oposição à vertigem merceeira, onde tudo tem de dar saldo matemático positivo.
 
 Das audiências televisivas, ao funcionamento das escolas. De uma sociedade onde nos esquecemos uns dos outros e depois nos espantamos perdidos em ilhas de solidão.
 
Obama, quase negro de pele, encarna na palavra e, aparentemente, no sentir, essa roupagem interior que nos recorda o colo dos avós, um Mundo onde há oásis de serenidade e quem nos governa o faz pelos nossos filhos e não para ser reeleito daqui a quatro anos.
 
Pode ser mais uma miragem mas pessoalmente não o creio. Pode não ser uma segunda versão de Nelson Mandela, mas nem precisa de o ser. Porque a mudança, para melhor, começa sempre no nosso sentir. No nosso exigir. No estar de cada um de nós.
 
 A lágrima de Obama, pela morte de sua avó, redime quem com ele se comove. Porque é pelo coração que se resgata a humanidade.
 

 

 


publicado por António Mateus às 13:01
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds