Sábado, 28 de Maio de 2011

BOAS MANEIRAS OU BOA FÉ?

 

Se dúvidas houvesse quanto à máxima de "a ignorância paga imposto", aí ficariam elas tiradas, ainda que, neste caso, com um sorriso a sublinhar.

 

Apesar de tudo esta gaffe protocolar, tal como refere a peça da CNN, decorre de um encadeamento de mal-entendidos onde é fácil apontar dedos e bem mais construtivo reagir como fez a rainha; reparar o lapso e rematar tudo com um sorriso.

 

Não deverá ser essa uma regra de vida, em todas as horas?


publicado por António Mateus às 10:34
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Maio de 2011

MENINOS SEM IDADE

 

É só uma das peças de teatro mais deslumbrantes de sempre, graças à magia de marionetes de tamanho real, construídas com saberes africanos para um teatro londrino.

 

War Horse foi nomeada para cinco prémios Tony e só isso poderia dizer tudo, não fosse o facto de este tipo de galardões nem sempre premiar a profundidade dos distinguidos, o que está longe de ser o caso.

 

Abro-lhe só um pouco o cortinado desta magia; as marionetes de cavalos foram construídas por uma empresa sul-africana a partir de saberes ancestrais emprestados de uma tribo do Mali.

 

O resto, é o nosso deslumbramento!


publicado por António Mateus às 23:28
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Maio de 2011

MULHER COM M GRANDE!

 

Um testemunho impressionante que nos amachuca a todos!

 

Tornei-me amigo da Lara durante a década em que fui correspondente na África do Sul e ela era produtora/fixer da Reuters tv em Joanesburgo.

 

Éramos ambos jovens "promissores" neste "métier" do jornalismo em zonas complicadas, sempre envolvidos nas "esfregas" de localidades negras em polvorosa contra o apartheid, na guerra aberta em Angola e a guerrilha que sufocava Moçambique.

 

A vida elevou-a depois, por mérito próprio, a uma das imagens de marca da CBS, sem que nunca perdesse, apesar disso, a enorme simpatia, humildade e carinho com alimentava amizades antigas como a nossa.

 

Mesmo que em breves reencontros, aqui e ali no mundo, ou emails que o passar dos anos e as distâncias geográficas foram espassando.

 

Agora, ao vê-la varandar lágrimas pelas brutalidades a que foi sujeita, não consegui reter a mesma reacção em mim. Não quis fazê-lo.

 

Apeteceu-me pedir-lhe desculpa, como homem, do que outros homens lhe fizeram !


publicado por António Mateus às 14:09
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds