Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

PORTUGUESES TURISTAS OU REFÉNS?

 
Meia centena de turistas portugueses foram colhidos no meio da corrente turbulência na Tailândia.
 
Apesar do espartilho financeiro global ainda há quem reuna o suficiente para ir a banhos no Oriente.
Mas cada vez mais o risco de férias de sonho se transformarem em pesadelo dá que pensar na hora de optar entre o arejo extra e intra-muros.
 
Enquanto na Índia uma mão-cheia de portugueses não ganhou para o susto ali ainda corrente, no caso da Tailândia, os turistas lusos são - como os de outras nacionalidades - reféns indirectos de milhares de manifestantes que ali exigem a demissão do governo recém-eleito.
 
Perante a irredutibilidade do PM tailandês, os manifestantes decidiram ocupar os aeroportos da capital do país para desespero de milhares de turistas.
 
Mas nem tudo é completamente negro, pelo menos para quem pode esticar as férias;
- As autoridades tailandesas já anunciaram que os turistas poderão beneficiar de alojamento, incluindo pequeno-almoço, num de três hotéis de Banguecoque, recebendo ainda o equivalente a 44 euros/dia, em moeda local, para cobrir o resto das despesas
 
 

publicado por António Mateus às 18:21
link do post | comentar | favorito

NOVA FERRAMENTA DE PORTUGUÊS

 

 
É uma nova ferramenta de precisão da nossa língua.
Algo bem útil e acessível, aqui na net.
 
O endereço é www.portuguesexacto.pt e permite-nos tirar dúvidas sobre o acordo ortográfico, através de um conversor (quase) instântaneo de qualquer frase que se pretenta testar.
Inclui ainda um analisador morfológico bastante eficaz e rápido.
 
É um instrumento disponibilizado pela Porto Editora, passe a publicidade (ajudar a melhorar o uso da língua não creio que fira qualquer regra ética jornalística. Antes pelo contrário!).
Experimente e diga de sua justiça.
 
 
 

publicado por António Mateus às 10:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

TERRORISMO ENTRE NÓS

  

  Sinal dos tempos ou a recorrência do princípio de os fins justificarem os meios?

 

  Homens armados espalharam o terror na India; mais de 110 civis mortos e três centenas de outros feridos.

  

  A brutalidade do ataque estarrece os mais empedernidos analistas mas deixa também a nú verdades punitivas como a de aqueles que são para uns guerrilheiros-mártires não passam para outros de puros terroristas.

 

  É assim desde tempos imemoriais.

 

  Para mim, a resposta é clara; Quem mata indiscriminadamente gente inocente, pessoas que bem podiam ser nossos filhos, não tem lugar numa socidade civilizada, a não ser atrás das grades de uma prisão.

 

  É por isso que ainda hoje me custa a engolir que entre nós vivam – e ainda por cima à custa de pensões pagas pelos contribuintes portugueses – autores de atrocidades como os massacres cometidos pela UPA no Norte de Angola.

 

  E já estou a ver as comadres do politicamente correcto, às cambalhotas na cadeira do desconforto.


publicado por António Mateus às 19:30
link do post | comentar | favorito

RESSUSCITAR MAR MORTO

 

É um mega-projecto que liga duas referências históricas com raízes bíblicas: os mares Morto e Vermelho”!
 
A Jordânia vai investir 4,5 mil milhões de dolares na construção de um aquaduto, que visa revitalizar o Mar Morto.
 
O chamado “Canal da paz” rema contra alterações climáticas que já colocaram o país entre os 10 locais mais secos do Planeta.
 
O esquema é de uma escala sem paralelo. Um alerta para quem ainda menospreza a degradação ambiental que se processa diariamente à nossa volta.
 
Convirá – digo eu – começar-se a inverter a mentalidade umbiguista prevalecente, de “quem vier depois que apague a luz”.

publicado por António Mateus às 11:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

Magia morna

  

  
   Cizé a tocar-nos por dentro com uma dolencia arrepiante.
 
  Mais conhecida pelos “estranhos” como Cesária Évora. Aquela cabo-verdiana, roliça, de pés descalços, que nos faz gingar desde “La Diva aux pieds nus”, gravado em Paris em 1988.
 
  Agora, para quem quiser, ou souber, o “contágio” pode ser “incubado” de novo no Sao Jorge, em Lisboa, onde a “diva” interpreta “Rádio Mindelo”, na sua maioria “obrado” pelo músico e compositor Gregório Gonçalves.
 
 A proposta aqui fica. E a provocação também. 

publicado por António Mateus às 22:16
link do post | comentar | favorito

Xanana entre nós

 

 

   Já foi visto como a versão lusófona desse farol-humano chamado Nelson Mandela.

  

   Hoje é praticamente e “só” mais um polítio que acontece, estar agora em visita a Portugal.

  

    De mitos e referências-vivas bem precisamos todos nós, num mundo em crescente umbiguismo.

 

    Que se “farolem” novas luzes e as que ainda brilham não se ofusquem também depende da forma como olharmos o copo. Meio vazio. Ou meio-cheio.


publicado por António Mateus às 07:17
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

LIVROS GRÁTIS!

 

 
 
Parece mentira mas não é!
A livraria virtual webboom.pt promove durante três dias uma campanha na internet que permite a obtenção de livros a custo ZERO.
 
Para aceder à borla, o(a) interessado(a) precisa apenas de se inscrever no endereço da livraria – wook.pt – e estar atento(a) à chamada “happy hour”, que pode acontecer a qualquer hora do dia ou da noite.
 
Se durante esse período o(a) internauta encontrar um livro que pretenda e o encomendar recebe-o gratuitamente em casa.
 
Como diria o saudoso Fernando Pessa; “ e esta hein?”.
 

publicado por António Mateus às 11:34
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

Excesso de saber

Era uma vez um país com excesso de saber.
 
A história podia começar assim e aplicar-se a Portugal, lendo na diagonal as mais recentes estatísticas de desemprego.
 
Alguma vez lhe passou pela cabeça que num dos países europeus com maior indice de iliteracia (Portugal)  nove (9) por cento dos desempregados tenha um curso universitário  (33 mil licenciados andam à procura de trabalho!) ?
 
E já agora - vale o que vale - saiba que um quinto deste universo de desempregados é formado em Ciências Empresariais.
 

publicado por António Mateus às 19:26
link do post | comentar | favorito

Bebé leiloado na Net

A notícia faz hoje a primeira página do principal jornal belga, o “Het Laatste Nieuws”; - Um jovem casal flamengo vendeu o bebé via internet, num caso que não é - apesar de tudo - novidade naquelas partes do Mundo.
 
Já em 2005, uma mulher flamenga mudou de ideias após aceitar ser mãe-incubadora para um casal infértil, acabando por leiloar na net o bebé produzido por inseminação artificial.
 
Após uma penosa batalha judicial, um tribunal belga acabou por atribuir na altura a paternidade do bebé ao casal que o arrematou por 15 mil euros, via net.
 
Justificações financeiras voltaram a estar agora na origem do mais recente negócio de bebés. O jovem casal belga vendedor já tinha um menino e problemas económicos graves. 
Entendeu por isso que do mal o menos; enquanto uns “matam” os filhos ao abortá-los, ao menos, no seu caso, "preservava-se" a vida e ainda se arrecadavam uns dinheiritos por conta.
 
Só que na letra e espírito da lei a “coisa” não é assim tão simples; o casal arrisca agora uma pena máxima de 10 anos de prisão.
 

publicado por António Mateus às 13:45
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Novembro de 2008

Engraxador de saberes

  

 

  Tínhamos acabado de comprar o "2455 Cela da Morte", de Caryl Chessman, num alfarrabista da Baixa. No passeio de sábado à tarde, de regresso ao estacionamento no Rossio, uma paragenzita para verificar o saldo do Multibanco.

 

  De repente,  o engraxador de sapatos vislumbra o livro recém-comprado no saco e mete conversa:


 -  Ele também escreveu "O Garoto Era um Assassino” – e eu acrescento: -  E também “A Outra face da Justiça”!


   Só nessa altura dou conta do paradoxo; Um engraxador de sapatos letrado. A chegar-se à frente sobre um escritor que foi bandeira de cruzadas anti-pena de morte antes de ser executado há mais de quatro décadas.


   A conversa embica por ali. Metros mais à frente, centenas de funcionários dos CTT repetem palavras de ordem, numa manifestação frente à estátua dos Restauradores.


   O nosso interpelador mostra-nos um recorte de jornal; o artigo fala de um “engraxador que foi salvo pelos livros”. Ele próprio pois então!


   Não lhe conto (a si leitor) mais nada. Vá dar uma volta pelos Restauradores, abra os sentidos e meta-se com os engraxadores. Pode ser que fique bem mais culto.

 

publicado por António Mateus às 22:50
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds