Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

As Caravelas de Madiba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tive o privilégio de o conhecer directa e indirectamente, como jornalista e como ser humano, desde que foi libertado, em 1990 e até terminar o meu destacamento profissional na África do Sul, 13 anos mais tarde.
“Madiba” é um prenda para todos nós, um brilho de alma, uma referência de contraste para o vazio de valores, de ética e de projecto humano de quem nos deixa à deriva.
Nenhuma Sociedade, o é, Sociedade, sem colocar o respeito pelo Estado como prioridade primeira.
Mas quando as sucessivas Administrações Públicas são as primeiras a comprometer a honorabilidade do Estado perante os cidadãos e a humilhar quem o serve, não será legítimo, em proporcional insanidade, pensar-se num Tribunal de Governos, para juízo dos nossos timoneiros, quando é "pacífico" um Tribunal de Contas, para arbítrio dos gastos públicos?
Pergunte-se a quem ganha concursos públicos, onde lhe são promissoriamente atribuídos honorários faseados, sobre os quais o Estado cobra IVA (e multa o mais pequeno atraso), apesar de só os honrar bem mais tarde. A conta-gotas e sem juros de mora.
A culpa é dessa entidade “anónima” chamada Estado ou dos que pela sua incompetência e irresponsabilidade assim o desonram?
Vale a pena ter talento e empenhar-se no bem público. Não vale?

publicado por António Mateus às 15:44
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds