Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

SER PROFESSOR

 

 


  Um velho professor assistia no páteo degradado da escola, ao atirar displicente de latas usadas pelos alunos, para o chão de cimento,  qual destino lógico dos desperdícios humanos.
 
  Há mais de 20 anos que ele se orfandara do existir e do saber de vida de sua companheira, que com ele arriscara a mais improvável das relações.
 
  Ela era toda vertigens de tocar, mudar e arriscar. Ele, um beirão reservado, homem dos xistos, vivendo a vida às arrecuas, como se no estacionar existencial em marcha atrás estivesse sempre seguro de poder fechar as escotilhas e partir.
 
  Ali, no páteo, da escola grafitada, ele assistia agora ao voo das latas amachucadas, e abençoava os tesouros de conversas por eles somados, ao longo dos anos, em que aprenderam a fundir olhares e carinhos.
 
  Numa sabedoria serenadora, conquistada com os brilhos de um. E do outro.
 
  Ela lhe pegara na mão da vida, semeando-lhe temperos que eram só dela. Diferentes dos dele. Ele, impregnara-os de existires, contemplações de tempos com outro tempo.
 
   Aos poucos, a vida somara-os um. Em pista única. Onde ele era agora corredor singular. Ou assim se sentia deste a morte dela.
 
  Até acordar professor. No coração e na vertigem, como se somara no existir com ela.
 
  Por isso, naquele dia, levantou-se do banco do páteo, sorriu aos alunos. Pegou numa das latas e depositou-a no lixo.
 
  Naquele instante, a companheira ressuscitou semente. Dentro de todos os que o viram desenhar um arco-íris, num brilho de lata.

publicado por António Mateus às 12:50
link do post | comentar | favorito

TRANSLATE THIS BLOG TO ANY LANGUAGE

António Mateus

Escritor e jornalista. Nasceu em 1960 em Castelo Branco, filho de uma socióloga e de um Oficial de Cavalaria. Licenciado pela UTL e iniciou a sua actividade jornalística no jornal O Globo em 1982. Continuar a ler (...)

Os meus livros

Selva Urbana, edições Colibri. "Selva Urbana – ponte entre olhares e sensibilidades de dois mundos, duas culturas, dois continentes, situações humanas comuns – é uma sequência de retratos publicados em colunas semanais num jornal diário de cariz económico, Jornal de Negócios (...) Comprar

Homens vestidos de peles diferentes, editora Ulmeiro. Comprar.

pesquisar

 

links

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Junho 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds